Iniciativa Banco Santander Totta/Universidade NOVA de Lisboa

Artigo “Os segredos do Pingo Doce” da Sábado vence Prémio de Jornalismo Económico 2013

    

  

As jornalistas Ana Taborda e Patrícia Silva Alves, da revista Sábado, são as vencedoras do Prémio de Jornalismo Económico 2013, com o trabalho “Os segredos do Pingo Doce”.
Publicado em Maio de 2012 na revista Sábado, “Os segredos do Pingo Doce” é um trabalho aprofundado sobre as características dos contratos assinados entre a Jerónimo Martins, proprietária da cadeia de distribuição Pingo Doce, e os seus fornecedores. Este artigo, que concorreu na área de Gestão de Empresas e Negócios, foi considerado pelo júri o melhor trabalho de todos, recebendo o “Grande Prémio”, com um valor pecuniário de 15.000 euros, tendo igualmente vencido na área correspondente.

Anabela Campos, da revista Exame, e Sara Capelo, da revista Sábado, foram também distinguidas, respectivamente, nas categorias de Mercados Financeiros e Sustentabilidade Empresarial.
O artigo da Exame, “Cimpor, o fim de uma multinacional portuguesa”, escrito por Anabela Campos, visa uma análise das consequências da Oferta Pública de Aquisição (OPA) sofrida por esta empresa. Por sua vez, o artigo da revista Sábado “As 10 pessoas que podem parar o país”, da autoria de Sara Capelo, retrata indivíduos cujo desempenho profissional é vital para o funcionamento de serviços básicos da economia nacional. Os dois trabalhos recebem cada um, um prémio pecuniário de 7.500 euros.

Os prémios foram entregues pelo Presidente Executivo do Banco Santander Totta, Dr. António Vieira Monteiro, e pelo Vice-Reitor da Universidade NOVA de Lisboa (NOVA), Prof. Doutor José Esteves Pereira, numa cerimónia que teve lugar no edifício do Banco Santander Totta, na Rua do Ouro, em Lisboa.

Esta é a 7.ª edição do Prémio de Jornalismo Económico, cuja organização está a cargo da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH/NOVA), uma iniciativa conjunta da Universidade NOVA de Lisboa e do Banco Santander Totta. Esta visa promover a qualidade da criação jornalística, distinguindo os melhores trabalhos de imprensa escrita e electrónica nas áreas acima referidas.

Ao longo das sete edições, foram distinguidos vários jornalistas de diferentes órgãos de comunicação social que assim viram o seu nome e trabalho reconhecido. Este ano concorreram cerca de 60 artigos.

Os trabalhos a concurso foram avaliados por um júri constituído por distintos professores e jornalistas: Professor Doutor João Sàágua (Presidente do Júri e Director da FCSH/NOVA), Professor Doutor José Rodrigues dos Santos, Dr. Sérgio Figueiredo, Dra. Conceição Zagalo, Dr. Francisco Sarsfield Cabral, Professor Doutor José Albuquerque Tavares e o Professor Doutor Paulo Pinho.

Veja aqui as fotografias dos vencedores


Vencedores - Edição de 2006 | Vencedores - Edição de 2007
Vencedores - Edição de 2008 | Vencedores - Edição de 2009
Vencedores - Edição de 2011 | Vencedores - Edição de 2012
Vencedores - Edição de 2013 | Vencedores - Edição de 2014
Vencedores - Edição de 2015 | Vencedores - Edição de 2016